Ligue já: (98) 3015-7218 / 99142-1469 

marca-1.jpgmarca-2.jpgmarca-3.jpgmarca-4.jpgmarca-5.jpgmarca-6.jpgmarca-7.jpgmarca-8.jpgmarca-9.jpgmarca-10.jpg

Trabalhamos com todas as marcas e modelos de ar condicionado

limpeza arPrimeiramente, vamos lembrar que a renovação do ar é essencial para a qualidade do ar, antes mesmo da existência da pandemia, pois a qualidade do ar que respiramos é importante contra qualquer doença respiratória e para a saúde dos usuários.

Focando exclusivamente no covid-19, o ponto chave para responder a pergunta se pode ou não utilizar o ar-condicionado, a resposta está na renovação do ar. Alguns aparelhos Janela (poucos) contam com a renovação do ar, que nada mais é do que a troca de ar no ambiente, trazendo ar do ambiente externo para o interno. Em grandes empreendimentos, com sistemas robustos de climatização, é mais comum essa prática. Isso não impede que sejam utilizados os Splits residenciais, porém, é importante ter atenção para que de tempos em tempos sejam abertas janelas e portas para que o ar seja trocado.

Em entrevista à BBC Brasil, a professora da Universidade de Tecnologia de Queensland, na Austrália, Lidia Morawska, diz que o problema maior é falta de ventilação dos ambientes e não o ar-condicionado em si. “Não ter ventilação significa a não retirada de partículas infectadas de ambientes internos. O ar pode ser condicionado, mas uma ventilação eficiente precisa ser garantida”, disse a professora.

Especialistas de diferentes associações, como a ASHRAE (Sociedade Americana de Engenheiros de Aquecimento, Refrigeração e Ar Condicionado), REHVA (Federação das Associações Europeias de Aquecimento, Ventilação e Ar Condicionado) e ATECYR (Associação Técnica Espanhola de Ar Condicionado e Refrigeração), Abrava (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento), entre muitas outras, já se manifestaram reiterando que o principal cuidado está na renovação do ar.

O ar-condicionado pode ser utilizado sem problemas, desde que haja atenção quanto a renovação de ar do ambiente e a aglomeração de pessoas.

A conscientização das pessoas é o principal ponto a ser cuidado, afinal não há renovação de ar que dê conta de uma praia lotada de pessoas aglomeradas e sem máscara, por exemplo.

 

Fonte: Web Arcondicionado

imagem post 8Na hora de fazer a limpeza, a troca e a manutenção do aparelho, é muito útil conhecer os principais componentes e as partes do ar-condicionado.

Claro que estes componentes dependem do aparelho que você tem. Lembrando que o ar-condicionado split é composto por duas unidades separadas. Já o ar-condicionado de janela é um módulo único.

- Partes do ar-condicionado split: visão externa

O ar-condicionado split conta com uma unidade evaporadora (que fica dentro do ambiente jogando o ar refrigerado) e uma unidade condensadora (responsável pelas trocas de calor).

- Partes do ar-condicionado de janela: visão externa

O aparelho de ar-condicionado de janela, por sua vez, tem apenas um módulo que une evaporadora e condensadora.

Também possui entradas de ar na parte lateral, aletas para saídas de ar na parte da frente (que são menores e em maior quantidade do que as aletas do ar-condicionado split) e mangueira de escoamento.

- Partes do ar-condicionado: estrutura interna

As partes do ar-condicionado que citamos acima são os componentes visíveis do aparelho.

Dentro da estrutura, tem diversos outros componentes que garantem o funcionamento do aparelho: motor, ventoinha, ventilador, compressor, painel de controle, filtro, sensor de termostato e serpentina de cobre.


Ou seja, é importante ter isso em mente porque nem toda peça se encaixa em qualquer tipo de aparelho.

Algumas partes do ar condicionado (como as aletas para direção de vento), além do funcionamento interno que ajusta modo, temperatura, velocidade etc, podem ser usadas via controle remoto.

Isso quando falamos do ar condicionado split, que possui display digital. Por outro lado, no caso do ar-condicionado de janela, é preciso fazer o ajuste manual das aletas e dos modos do aparelho através do painel de controle.

 

Fonte: DuFrio

post cuidados com o ar no quarto 600X300A temperatura do quarto durante a noite impacta diretamente a qualidade do seu sono e, consequentemente, a maneira como você se sente no dia seguinte.

Por isso é importante entender como escolher um ar condicionado para o quarto corretamente, estando atento a diversos fatores.

Recomenda-se que o ambiente fique entre 16ºC e 21ºC para que o descanso seja pleno — por isso, especialmente no verão, é imprescindível ter um aparelho de refrigeração no cômodo em que você dorme.

Assim, confira como saber qual o aparelho de ar condicionado ideal para o seu quarto.

 

Aparelho silencioso

Não adianta ter um ambiente climatizado mas com ruídos incômodos, certo? Barulhos altos são capazes de arruinar o sono de algumas pessoas.

Por isso, antes da compra, procure ler o manual de instruções do aparelho e verifique a quantidade de decibéis que ele emite. O ouvido humano fica incomodado com sons acima de 50 decibéis.

Função sleep

A função sleep é um mecanismo semelhante ao timer do ar condicionado — ou seja, serve para que o aparelho desligue automaticamente após algumas horas de funcionamento.

Mas ela vai além: com a função sleep, é possível programar o aparelho para regular a temperatura do quarto de acordo com o horário e as fases do sono.

Função inverter

Muitas pessoas ficam preocupadas em dormir com o ar condicionado ligado durante a noite justamente por conta do consumo de energia.

Pois a função inverter é outro mecanismo que ajuda na economia, porque ela evita o “liga-desliga” dos modelos tradicionais e previne que aconteçam picos de energia.

Cálculo de BTUs

Outro fator importante a ser considerado na hora de escolher um ar condicionado para quarto é a potência do aparelho.

Caso ele seja fraco, não vai proporcionar a refrigeração e o conforto ideais para que seu sono e descanso sejam satisfatórios.

Além disso, quando você escolhe a potência errada, corre o risco de o ar condicionado trabalhar em excesso, o que aumenta o gasto de energia e diminui a vida útil do aparelho.

 

Fonte: Dufrio

unnamed 11Com os dias mais quentes, esse equipamento nos ajuda a garantir o conforto térmico necessário para manter nossa rotina e nosso bem-estar. No entanto, essa prática deve respeitar alguns cuidados, de modo que se consiga aproveitar os benefícios do ar condicionado sem crises alérgicas.

Isso porque esse dispositivo tão requisitado nessa época do ano traz consigo o perigo de proliferação de ácaros, fungos e bactérias, o que pode ocasionar fortes crises de alergia.

Para garantir a climatização ideal, mas sem abrir mão de sua saúde, é importante:

1. Fazer a higienização adequada do equipamento

2. Utilizar o purificador de ar pode ajudar a usar o ar condicionado sem crises alérgicas

3. Manter os ambientes limpos e arejados

4. Utilizar a função de circulação do ar

5. Não direcione o ar diretamente para você

Como vimos, quando for necessário, usar o ar condicionado sem crises alérgicas é algo possível. Seguindo à risca os cuidados aqui compartilhados e sempre respeitando as orientações de seu médico, é possível garantir bem-estar mesmo na época mais quente do ano.

 

Fonte: Blog Alergo Imuno

image0 3Geralmente, a manutenção do ar-condicionado é feita quando há um acúmulo de sujeiras ou quando existe algum problema com o funcionamento do equipamento, como um ruído incomum ou impotência no processo de refrigeração.

No entanto, cada modelo de ar-condicionado apresenta suas particularidades. Dessa forma, o ideal é que o usuário verifique no manual do aparelho a frequência correta de manutenção.

Recomenda-se também a manutenção profissional uma vez por ano. Realizada por um técnico autorizado, a limpeza do ar-condicionado é feita de maneira mais rigorosa: o profissional vai desmontar o equipamento para ser higienizado por completo, utilizando produtos específicos para este fim. Assim, é possível garantir maior durabilidade do equipamento e manter o ar-condicionado em excelentes condições por mais tempo.


Foi-se o tempo em que aparelhos de refrigeração eram itens de luxo dentro de residências, escritórios e outros espaços. Hoje, são necessários em praticamente todos os locais, garantindo o bem-estar de todos e até aumentando a produtividade em ambientes de trabalho. Por isso, é fundamental saber mais sobre a importância e como fazer a manutenção de ar-condicionado.

Cada dia mais modernos e acessíveis, esses aparelhos se tornaram indispensáveis na casa do brasileiro, principalmente em cidades mais quentes. Porém, é preciso tomar algumas precauções com relação à manutenção para garantir seu melhor desempenho. Afinal, sem os cuidados necessários, o aparelho pode não entregar o resultado esperado.

Além de prevenir panes e prolongar o tempo de vida do equipamento, a manutenção periódica ajuda na economia de energia e também a combater danos à saúde, no caso de alergias, por exemplo.

 

Fonte: Adias

Serviços

manutencao ar condicionado

Manutenção de ar condicionado

Atendimento Personalizado. Manutenção, Limpeza e Conservação de Ar-condicionados, Refrigeradores, Balcões Frigoríficos. Serviços Rápidos, Seguros e com Qualidade. Orçamento sem Compromisso. Ligue e Confira Nossos Serviços!

servico-imagem.jpg

Instalação de ar condicionado

Atendimento Personalizado. Manutenção, Limpeza e Conservação de Ar-condicionados, Refrigeradores, Balcões Frigoríficos. Serviços Rápidos, Seguros e com Qualidade. Orçamento sem Compromisso. Ligue e Confira Nossos Serviços!