Ligue já: (98) 3015-7218 / 99142-1469 

marca-1.jpgmarca-2.jpgmarca-3.jpgmarca-4.jpgmarca-5.jpgmarca-6.jpgmarca-7.jpgmarca-8.jpgmarca-9.jpgmarca-10.jpg

Trabalhamos com todas as marcas e modelos de ar condicionado

34

 1. Se o ambiente estiver muito frio, antes de mexer no aparelho e reclamar em voz alta, pergunte para seus colegas se eles concordam com a alteração da temperatura.

2. Caso o direcionamento do vento esteja voltado para a sua mesa, tente fazer a modificação nas aletas do aparelho ou então mudar a mesa de lugar. Se os móveis forem embutidos ou for impossível, converse com seu chefe ou algum colega mais calorento para trocarem de lugar. A grande maioria dos problemas é resolvida com uma boa conversa.

3. Lembre-se que, em locais de trabalho, o bem estar comum é mais importante que o individual. Por isso, leve um casaquinho ou agasalho para a empresa. Se for o caso, deixe-o permanentemente no escritório. Contra o frio, existem alternativas. Já quando se trata de calor, não temos escolhas.

4. Se o clima externo estiver ameno, utilize a ventilação média ou mínima no condicionador de ar. Isto reduz ruídos, conflitos, gastos e desconfortos.

5. Sugira a limpeza dos filtros e higienização da serpentina dos aparelhos, sempre. Existem leis que amparam estas práticas.

6. Se o problema for a secura dos olhos ou vias nasais, inclua um umidificador ou ionizador para trabalhar junto com o ar-condicionado no setor e veja a diferença positiva que isto causa no grupo.

 

Fonte: Diário Gaucho

826

 Então, calma, mesmo que o ar-condicionado não esteja apresentando nenhum “sinal de vida”, o problema pode ser simples de resolver. Antes de mexer no aparelho ou chamar um técnico, existem quatro testes básicos que devem ser feitos caso o aparelho não esteja ligando.

1 - Testar se a energia está chegando no ar-condicionado
Verificar se a energia do ambiente está funcionando, e se está chegando até a tomada que o ar-condicionado está ligado. Para isso, use outro aparelho eletrônico.

2 - Verifique o fusível
Se o aparelho não está ligando, pode ser que o fusível esteja queimado. Verifique o fusível e troque se for necessário.

3 - Testar o disjuntor
Verificar se o disjuntor está ligado. Pois se houver alguma queda de luz, o disjuntor pode desarmar.

Disjuntor está armado? Desligue o disjuntor, aguarde 10 minutos e ligue novamente.

4 - Teste sem o controle remoto
Tente ligar o ar-condicionado diretamente no painel, sem usar o controle remoto.

 

Fonte: Web Ar-condicionado

 

 

arcss

 Dormir com uma temperatura muito acima ou muito abaixo do ideal é um fator que pode sim influenciar na saúde. Portanto, é fundamental saber ajustar a temperatura do ar-condicionado. No caso do verão, a ideia deve ser manter o quarto confortável durante a noite, e não fazer nevar. Para os médicos, a temperatura ideal é aquela que você no máximo se cobre com um lençol para sentir aquela sensação gostosa de acolhimento.

De acordo com a ASBRAV (Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação), a recomendação é regular o ar condicionado em 23°C, tanto para o verão quanto para o inverno – muita gente não sabe, mas como o aparelho evita a troca de ar com o exterior, regula a temperatura ambiente também no inverno.

 

Cuide o posicionamento do fluxo de ar

fluxo-ar-condicionadoSentir o vento do ar-condicionado direto no rosto não costuma ser bom para a maioria das pessoas, imagine então na hora que você mais precisa relaxar. Gelado ou quente, o fluxo de ar projetado direta e continuamente na cara não é legal. Por isso, a dica é evitar que isso aconteça, principalmente durante o sono.

Caso não haver como escapar do vento insistente, uma solução é regular as aletas do ar-condicionado, também chamadas de direcionadores de ar ou grelhas. Presentes em todos os equipamentos, a maioria dos splits conta com a função “air direction” localizada no controle remoto. Esse botão serve para alterar automaticamente a posição da aleta na evaporadora, sem precisar que o usuário faça isso manualmente. Para mudar a direção do vento clique na tecla quantas vezes forem necessárias, até a aleta atingir a posição desejada.

Outra funcionalidade presente nos modelos mais modernos é o botão “swing”. Quando ativado, ele faz com que as aletas fiquem em constante movimento, distribuindo de maneira uniforme o ar condicionado. Se o problema continuar, a melhor opção é instalar defletores no aparelho. Essas placas de acrílico colocadas abaixo das unidades direcionam o ar climatizado para cima, impedindo que seja jogado direto nos usuários e evitando o desconforto na utilização do aparelho.

 

Fonte: Web Ar-condicionado

acrs

 Responsáveis por remover poluentes como poeira, fumaça, entre outros, os filtros de ar-condicionado é um dos componentes mais importantes do aparelho e também um dos que devemos ter muita atenção.

A malha de fio metálico (aço ou alumínio) é usada no ar-condicionado do tipo janela, assim como o nylon que é o modelo mais comum. Nos aparelhos split hi-wall, podem ser usados os filtros do tipo Hepa e Carvão Ativo, variando conforme o modelo e marca.

Nos sistemas de ar mais pesados, como casete e piso-teto, vêm de fábrica somente o modelo de nylon. Caso o cliente desejar um sistema de filtragem mais preciso, ele deve contatar o fabricante para solicitar um kit de filtros especiais.

Os filtros utilizados em ar condicionado são usados obedecendo à exigências estabelecidas pela norma ABNT 16.401/2008. No manual é possível verificar quais são os filtros que estão no seu aparelho.

 

Tipos de filtros

Filtros em fio de nylon: é o mais comum, pois está presente em todos os modelos. Este tipo de filtro é básico e serve como complemento quando o aparelho utiliza outros sistemas de filtragem mais rebuscados, sendo utilizado em todos os casos. O filtro de nylon pode ser lavado em casa pelo usuário e é resistente por anos.

A malha de fio metálico (aço ou alumínio) é mais usada no ar-condicionado do tipo janela. O filtro de malha pode ser lavado e para recolocá-lo lembre-se: Certifique-se de que esteja seco.

Filtros Hepa: são considerados os mais eficientes. A eficiência mínima bate na casa dos 99,97%, para partículas de 0,3 mícron. a intenção inicial era o uso nos processos de filtragem química, biológica e radiológica para uso pelas forças armadas dos Estados Unidos. O filtro Hepa pode ser lavado. Este tipo de filtro também é usado aspiradores de pós e outros equipamentos.

Filtros de Carvão Ativado: este modelo de filtro é construído com carcaça em chapa de aço galvanizado, com módulo filtrante de carvão ativado. O filtro de Carvão Ativado não pode ser limpo, nem lavado, ele é praticamente descartável.
Odores contaminantes, como o de cigarro, gordura ou até mesmo os corporais contidos em um ambiente podem ser absorvidos por ele.

 

Dica
Nos filtros de Nylon a limpeza deve ser realizada de dois em dois meses. Já os filtros Hepa e Carvão Ativado necessitam ser trocados a cada 3 meses. Vale lembrar, um sistema de ar condicionado vai consumir mais energia se os filtros estiverem cheios de poeira.

 

 

Fonte: Magalhães Ar-Condicionado

 

 

 

 

ar con

 A turbina da câmara de evaporação e o ventilador da câmara de condensação de um aparelho de ar-condicionado são acionados por um único motor elétrico, chamado de motoventilador.

A turbina da câmara de evaporação e o ventilador da câmara de condensação são acionados por um único motor elétrico que fica posicionado entre as duas câmaras, bem na região central do condicionador de ar. Por isso, esse motor é chamado de motoventilador, que, na realidade, trata-se de um motor elétrico, monofásico, com as mesmas características de alimentação elétrica do equipamento como um todo: 127 V ou 220 V.

“O motoventilador possui dois semieixos sendo um para cada lado. É nas extremidades desses semieixos que os ventiladores são fixados”, afirma Dr. José Arnaldo Duarte

E é verdade e lógico! Os dois ventiladores, mais precisamente, ventilador e turbina, realmente giram com a mesma velocidade (rotação). Quando a chave de comandos é acionada no sentido de se obter mais ou menos frio, a rotação do motor sofre variação, o que acontece também com a rotação dos dois ventiladores.

Mas, afinal, qual é a lógica disso?

A lógica disso está no seguinte: quando você programa o aparelho para refrigerar mais e para ventilar mais, a rotação da turbina será aumentada, para que ocorra a circulação de um maior volume de ar, em um determinado tempo. Em outras palavras, significa aumentar o fluxo de ar através do evaporador.

Se o fluxo de ar intensifica as trocas de calor no evaporador, entre o ar e o fluido refrigerante também serão intensificadas. Em uma linguagem mais simples, significa dizer que o fluido receberá mais calor. Então, ao chegar ao condensador, ele terá uma maior quantidade de calor para ser liberada para o ar externo. E, para que isso possa ocorrer, o fluxo de ar através do condensador também deverá ser aumentado, o que se consegue aumentando a velocidade do ventilador.

 

Fonte: CPT

Serviços

manutencao ar condicionado

Manutenção de ar condicionado

Atendimento Personalizado. Manutenção, Limpeza e Conservação de Ar-condicionados, Refrigeradores, Balcões Frigoríficos. Serviços Rápidos, Seguros e com Qualidade. Orçamento sem Compromisso. Ligue e Confira Nossos Serviços!

servico-imagem.jpg

Instalação de ar condicionado

Atendimento Personalizado. Manutenção, Limpeza e Conservação de Ar-condicionados, Refrigeradores, Balcões Frigoríficos. Serviços Rápidos, Seguros e com Qualidade. Orçamento sem Compromisso. Ligue e Confira Nossos Serviços!